Lula é intimado pelo TSE a apresentar defesa da candidatura à Presidência até o dia 30

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) intimou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT ao Planalto, a apresentar defesa de sua candidatura em até 7 dias corridos, prazo que termina em 30 de agosto

Lula é intimado pelo TSE a apresentar defesa da candidatura à Presidência até o dia 30
Lula é intimado pelo TSE a apresentar defesa da candidatura à Presidência até o dia 30 (Foto: Stuckert)

247 - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) intimou nesta quinta-feira (23) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT ao Planalto, a apresentar defesa de sua candidatura em até 7 dias corridos, prazo que termina em 30 de agosto.

Condenado sem provas no processo do triplex em Guarujá (SP), Lula deverá contestar todas as 16 impugnações e notícias de inelegibilidade apresentadas por outros partidos, candidatos e cidadãos ao seu registro de candidatura. Quem apresentou uma das impugnações foi a procuradora-geral da República, Raquel Dodge. 

Em caso de rejeição, a defesa ainda poderá tentar manter a candidatura do petista junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), composto por 11 ministros.

O PT tem até 17 de setembro para substituir Lula, caso considere inviável mantê-lo como titular. Neste caso, quem assume a cabeça de chapa o atual candidato a vice, Fernando Haddad, tendo como sua vice Manuela D'Ávila (PC do B).

Os maiores juristas internacionais enviaram uma carta ao Supremo Tribunal Federal, ao Tribunal Superior Eleitoral, ao Itamaraty e ao Ministério da Justiça, alertando que a decisão do Brasil de ignorar o Comitê de Direitos Humanos da ONU reforça que o ex-presidente Lula vem tendo seus direitos violados e de que a eleição presidencial sem a sua participação é fraude (veja mais aqui). 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247