Lula: eles mataram Marisa, mas não vou perder a cabeça

Durante participação no 14º Encontro da União Nacional por Moradia, nesta quinta-feira, 3, em São Paulo, o ex-presidente Lula voltou a criticar o governo de Michel Temer pelo retrocesso nas políticas sociais; Lula também voltou a criticar a caçada judicial e midiática de que é vítima; "Eu aprendi a andar de cabeça erguida. Se quiserem me condenar, achem uma prova. Eles são responsáveis pela morte precipitada da dona Marisa. Eu sei o que meus filhos estão passando. Mas eu não vou perder a cabeça", afirmou o ex-presidente; Lula disse ainda que vai fazer caravana pelo Nordeste, depois pelo Sul, depois Centro Oeste e então Amazônia; "Eu vou conversar com o povo"

Foto: Ricardo Stuckert
Foto: Ricardo Stuckert (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta quinta-feira, 3, em São Paulo, do 14º Encontro da União Nacional por Moradia. Em seu pronunciamento, Lula voltou a criticar o governo de Michel Temer pelo retrocesso nas políticas sociais.

"Se na Constituição está garantido o direito à moradia, significa que cabe ao Estado subsidiar aqueles que ganham até três salários mínimo. O país precisa de um governo comprometido em cumprir a Constituição. O pobre não quer as coisas de graça, ele quer pagar aquilo que ele pode", afirmou Lula. "E quando criei o Minha Casa, Minha Vida foi pra cumprir a Constituição. Nada é mais sagrado do que o ninho da gente", acrescentou. 

Lula também voltou a criticar a caçada judicial e midiática de que é vítima. "Liga a TV no café, porrada no Lula. Almoço, jantar, porrada no Lula. Mas, meu filho, quando a gente tem razão nada nos deixa nervoso. Eles tem que saber que mentira tem perna curta. Eu aprendi a andar de cabeça erguida. Se quiserem me condenar, achem uma prova. Eles são responsáveis pela morte precipitada da dona Marisa. Eu sei o que meus filhos estão passando. Mas eu não vou perder a cabeça", afirmou o ex-presidente. 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247