Lula enfrenta a solidão com bom humor: sempre quis morar sozinho

"Sabe aquele sonho de jogar a cueca para qualquer lado a meia para qualquer lado, a camiseta, não ter que prestar contas, não ter ninguém atrás de mim, 'recolhe, põe no chuveiro'? Hoje, eu faço isso", disse o ex-presidente

Lula enfrenta a solidão com bom humor: sempre quis morar sozinho
Lula enfrenta a solidão com bom humor: sempre quis morar sozinho (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ex-presidente Lula também provou que é possível enfrentar qualquer adversidade com bom humor, na entrevista que concedeu a Florestan Fernandes Júnior e Mônica Bergamo. Exemplo disso é sua fala sobre a solidão na prisão política de Curitiba:

É engraçado porque eu sempre tive vontade de morar sozinho. Quando eu fiquei viúvo a primeira vez, em 1971, eu fiquei bravo com a minha mãe [dona Lindu] porque meu sonho era alugar uma quitinete e morar sozinho. A minha mãe morava com a minha irmã, a minha mãe abandonou a minha irmã, foi na minha casa e exigiu que eu alugasse uma casa para morar comigo. E eu morei com a minha mãe durante três anos e meio. Sabe aquele sonho de jogar a cueca para qualquer lado a meia para qualquer lado, a camiseta, não ter que prestar contas, não ter ninguém atrás de mim, 'recolhe, põe no chuveiro'? Hoje, eu faço isso. Mas eu preencho o meu tempo vendo muita coisa.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247