Lula: Moro saiu do armário

Em carta ao Diretório Nacional do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva denunciou que o ex-juiz Sérgio Moro, que o condenou sem nenhuma prova, "saiu do armário em que escondia sua verdadeira natureza" de político de toga; "Se alguém tinha dúvidas sobre o engajamento político de Sergio Moro contra mim e contra nosso partido, ele as dissipou ao aceitar ser ministro da Justiça de um governo que ajudou a eleger com sua atuação parcial. Moro não se transformou no político que dizia não ser. Simplesmente saiu do armário em que escondia sua verdadeira natureza"

Lula: Moro saiu do armário
Lula: Moro saiu do armário

247 - Em carta ao Diretório Nacional do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva denunciou que o ex-juiz Sérgio Moro, que o condenou sem nenhuma prova, "saiu do armário em que escondia sua verdadeira natureza" de político de toga.

"Se alguém tinha dúvidas sobre o engajamento político de Sergio Moro contra mim e contra nosso partido, ele as dissipou ao aceitar ser ministro da Justiça de um governo que ajudou a eleger com sua atuação parcial. Moro não se transformou no político que dizia não ser. Simplesmente saiu do armário em que escondia sua verdadeira natureza", disse Lula na carta.

Lula alertou que o político Moro que era "juiz" até há pouco vai aprofundar a perseguição ao PT e aos movimentos sociais, valendo-se de "métodos arbitrários e ilegais da Operação Lava Jato". Ele conclamou as forças democráticas a resistirem contra os retrocessos.

Leia a íntegra da carta.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247