Lula: 'quem está tocando fogo na Amazônia são os milicianos do Bolsonaro'

Preso há mais de 500 dias na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Lula afirmou, em entrevista à revista Carta Capital, que a devastação da Amazônia é obra de milicianos bolsonaristas. Lula disse ainda que o problema dele “não é Bolsonaro”, mas “o projeto que ele representa”.

247 - Preso há mais de 500 dias na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Lula afirmou, em entrevista à revista Carta Capital, que a devastação da Amazônia é obra de milicianos bolsonaristas. Lula disse ainda que o problema dele “não é Bolsonaro”, mas “o projeto que ele representa”. 

Demonstrando indignação pelas mentiras contadas por Sergio Moro e Deltan Dallagnol, Lula lamentou a falta de conhecimento dos procuradores da Lava Jato, “analfabetos políticos”. Para Lula, os procuradores não sabiam e nem procuraram saber o que é política e como funciona a política. “Achavam que ministro presta concurso para ser ministro”. 

Lula destacou que essa precarização do conhecimento dos procuradores decorre da demonização da política capitaneada pelos veículos de comunicação hegemônicos no país, sobretudo a Rede Globo de Televisão. 

Ele sublinhou que o período do PT foi o melhor da história, que a renda melhorou, a educação melhorou e o país ficou mais rico e com mais emprego. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247