Macri é o Temer argentino; Temer é o Macri brasileiro

O desmantelamento do estado argentino, "é muito parecido – tirando, evidentemente, uma desvalorização tão atroz e uma inflação tão feroz – com o que acontece com Michel Temer e sua quadrilha no Brasil", diz o escritor Eric Nepomuceno no site Nocaute

O desmantelamento do estado argentino, "é muito parecido – tirando, evidentemente, uma desvalorização tão atroz e uma inflação tão feroz – com o que acontece com Michel Temer e sua quadrilha no Brasil", diz o escritor Eric Nepomuceno no site Nocaute
O desmantelamento do estado argentino, "é muito parecido – tirando, evidentemente, uma desvalorização tão atroz e uma inflação tão feroz – com o que acontece com Michel Temer e sua quadrilha no Brasil", diz o escritor Eric Nepomuceno no site Nocaute (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O escritor Eric Nepomuceno diz que “a Argentina voltou ao FMI e a primeira remessa de dinheiro, 15 bilhões de dólares, chegou por esses dias”. As declarações foram concedidas ao site Nocaute.

“Voltar para o FMI é um retrocesso digno de Mauricio Macri e sua quadrilha. É um horror. O peso argentino desvalorizou, do começo de maio pra cá, 40%. O desemprego, a ruína da saúde pública, o desmantelamento do estado, é muito parecido – tirando, evidentemente, uma desvalorização tão atroz e uma inflação tão feroz – com o que acontece com Michel Temer e sua quadrilha no Brasil. Estão destruindo o país e a economia está em retrocesso”, acrescentou.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247