Mais uma da Damares: pais de meninas devem 'fugir' do país por causa da violência

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, defendeu uma "revolução cultural" no combate à violência contra a mulher no Brasil e aconselhou os pais de meninas a deixarem o país em função dos altos índices de violências e abusos sexuais; "Recebemos uma pesquisa que diz que o Brasil é o pior lugar da América do Sul para criar meninas. Vejam só: se eu tivesse que dar um conselho para quem é pai de menina, mãe de menina? Foge do Brasil! Você está no pior país da América do Sul para criar meninas", disse 

Mais uma da Damares: pais de meninas devem 'fugir' do país por causa da violência
Mais uma da Damares: pais de meninas devem 'fugir' do país por causa da violência (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

247 - A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, defendeu uma "revolução cultural" no combate à violência contra a mulher no Brasil. Nesta direção, ela afirmou, em uma entrevista à Rádio Jovem Pan de João Pessoa, que aconselharia os pais de meninas a deixarem o país em função dos altos índices de violência.

"A gente vê um quadro que vamos precisar mudar. Recebemos uma pesquisa que diz que o Brasil é o pior lugar da América do Sul para criar meninas. Vejam só: se eu tivesse que dar um conselho para quem é pai de menina, mãe de menina? Foge do Brasil! Você está no pior país da América do Sul para criar meninas", disse Damares em referência aos casos de abusos sexuais de meninas.

"O número é absurdo! Há pesquisas que indicam que uma a cada três meninas no Brasil será abusada até os 18 anos de alguma forma. É muito! Vamos ter que rever a proteção à mulher com uma revolução cultural. Teremos que trabalhar uma mudança de comportamento noBrasil", completou. Ainda segundo ela, é preciso proteger a mulher contra a violência desde o início da atividade escolar.

Esta não é a primeira declaração polêmica envolvendo a ministra. Em uma delas, ela já disse que o país estava caminhando para uma "ditadura gay" e em outra ocasião chegou a afirmar que na Holanda os pais masturbavam seus filhos. Em janeiro, no dia de sua posse como ministra, ela afirmou que o Brasil entraria em uma "nova era" na qual "menino veste azul e menina veste rosa".

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247