Manifestantes e PM entram em confronto em João Pessoa

Um ato em apoio ao ex-presidente Lula em João Pessoa (Paraíba) terminou em confronto por volta das 11h desta quarta-feira (24); segundo o G1, manifestantes teriam atirado pedras em direção a policiais militares, que respondeu com balas de borracha e de feito moral; três manifestantes e um policial ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa; além deles também se machucou o deputado Frei Anastácio, atingido na testa por uma bala de borracha

Um ato em apoio ao ex-presidente Lula em João Pessoa (Paraíba) terminou em confronto por volta das 11h desta quarta-feira (24); segundo o G1, manifestantes teriam atirado pedras em direção a policiais militares, que respondeu com balas de borracha e de feito moral; três manifestantes e um policial ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa; além deles também se machucou o deputado Frei Anastácio, atingido na testa por uma bala de borracha
Um ato em apoio ao ex-presidente Lula em João Pessoa (Paraíba) terminou em confronto por volta das 11h desta quarta-feira (24); segundo o G1, manifestantes teriam atirado pedras em direção a policiais militares, que respondeu com balas de borracha e de feito moral; três manifestantes e um policial ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa; além deles também se machucou o deputado Frei Anastácio, atingido na testa por uma bala de borracha (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Lilian Milena, Jornal GGN - Um ato em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em João Pessoa (Paraíba) terminou em confronto por volta das 11h desta quarta-feira (24).

A passeata com cerca de 500 pessoas ocorria normalmente até que, segundo imagens captadas e divulgadas pelo G1, alguns manifestantes começaram a atirar pedras contra o patrimônio público. Entretanto, o jornal destaca que o conflito começou quando atiraram pedras contra a Polícia Militar, sem mostrar essas imagens.

A polícia, então, teria respondido com balas de borracha e de feito moral. Três manifestantes e um policial ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Além deles também se machucou o deputado Frei Anastácio, atingido na testa por uma bala de borracha, mas que continuou no local e não precisou de atendimento médico.

O ato partiu por volta das 9h da Praça João Pessoal, no Centro da cidade e tinha o objetivo de se encerrar na sede da Justiça Federal, que fica no bairro de Pedro Gondim. Havia a informação de quatro manifestantes detidos, mas o coronel Sena, da Polícia Militar, responsável pelas negociações para o fim do tumulto negou a notícia. Ainda, segundo o G1 o confronto durou cerca de 30 minutos e a PM não divulgou nenhuma nota oficial sobre o acontecimento até o início desta tarde.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247