Mantega pede habeas corpus preventivo para depor na CPI do BNDES

Ex-ministro Guido Mantega ingressou com um pedido de habeas corpus preventivo junto ao STF para depor na CPI do BNDES, que apura a suspeita de desvios e irregularidades junto ao banco de fomento; no pedido, os advogados alegaram que existe um "potencial e iminente constrangimento ilegal", caso o ex-ministro receba uma ordem de prisão durante o depoimento

Mantega pede habeas corpus preventivo para depor na CPI do BNDES
Mantega pede habeas corpus preventivo para depor na CPI do BNDES (Foto: REUTERS/Nacho Doce)

247 - O ex-ministro Guido Mantega ingressou com um pedido de habeas corpus preventivo junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para depor na CPI do BNDES, que apura a suspeita de desvios e irregularidades junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

No pedido, os advogados alegaram que existe um "potencial e iminente constrangimento ilegal" caso o ex-ministro receba uma ordem de prisão durante o depoimento.

De acordo com a coluna do jornalista Guilherme Amado, da revista Época, Mantega teria recebido a intimação para depor na CPI na tarde desta quarta-feira (15). O depoimento, contudo, ainda não foi marcado.

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247