Marcelo Coelho critica radicalismo e delírio de ato na Paulista

Colunista da ‘Folha de S. Paulo’, Marcelo Coelho descreve ‘maluquices’ dos manifestantes no protesto contra o governo Dilma neste domingo; “o que ouvi estava carregado de radicalismo, oscilando entre o delírio e a desinformação”

São Paulo- SP- Brasil- 16/08/2015- Manifestação contra o governo Dilma, na avenida Paulista. Na foto, manifestantes em dispersão, descendo a rua da Consolação, no sentido centro. Foto: André Tambucci/ Fotos Públicas
São Paulo- SP- Brasil- 16/08/2015- Manifestação contra o governo Dilma, na avenida Paulista. Na foto, manifestantes em dispersão, descendo a rua da Consolação, no sentido centro. Foto: André Tambucci/ Fotos Públicas (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Ao caminhar pela manifestação contra o governo neste domingo pela avenida Paulista, o colunista da ‘Folha de S. Paulo’ Marcelo Coelho relata que o que ouvi “estava carregado de radicalismo, oscilando entre o delírio e a desinformação”.

Segundo ele, não está errado dizer que, nos protestos contra Dilma, a classe média (alta) concorre em peso; “minha surpresa foi verificar a idade avançada de quem estava por ali”.

Entre outras coisas, ele descreve que ouviu um plano para unificar a América do Sul numa espécie de república socialista única, recebeu um folheto defendendo a intervenção "legítima" das Forças Armadas, uma vez que todos os políticos são corruptos.

‘Mello apoiando a expulsão de um colega do STF? Janot, pelego? Dilma, "comunista"? Com Joaquim Levy? E como sair com uma placa dizendo "menos Marx, mais Mises", quando todo o governo Lula teve Henrique Meirelles no Banco Central? É muita maluquice. É trash’, destaca (leia mais).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email