Marchinha sobre Glmar faz sucesso nas redes sociais

Criada pelo carnavalesco João Roberto Kelly, criador de grandes sucessos dos bailes de carnaval, como ‘Cabeleira do Zezé’ e ‘Mulata iê-iê-iê’, a marchinha “Eu tô em cana, vem me soltar” faz referência às decisões do ministro do Supremo Tribunal Federal; nos últimos meses, Gilmar Mendes soltou alguns dos principais alvos de grandes operações da Polícia Federal e, por conta disso, a marchinha viralizou nas redes sociais

President of the Superior Electoral Court Gilmar Mendes smiles during a session where Brazil's electoral court will take up a 2014 case that could unseat President Michel Temer, in Brasilia, Brazil June 9, 2017. REUTERS/Ueslei Marcelino
President of the Superior Electoral Court Gilmar Mendes smiles during a session where Brazil's electoral court will take up a 2014 case that could unseat President Michel Temer, in Brasilia, Brazil June 9, 2017. REUTERS/Ueslei Marcelino (Foto: Charles Nisz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Criada pelo carnavalesco João Roberto Kelly, criador de grandes sucessos dos bailes de carnaval, como ‘Cabeleira do Zezé’ e ‘Mulata iê-iê-iê’, a marchinha “Eu tô em cana, vem me soltar”, faz referência às decisões do ministro do Supremo Tribunal Federal.

Nos últimos meses, Gilmar Mendes soltou alguns dos principais alvos de grandes operações da Polícia Federal. Por conta disso, a marchinha viralizou nas redes sociais e promete fazer sucesso no Carnaval 2018. Confira a letra da música:

‘Alô, alô, Gilmar.
Eu tô em cana, vem me soltar
Eu roubei, eu roubei, eu roubei,
Não estou preso à toa, mas no mundo não há quem escape de uma conversinha boa”

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247