Marco Aurélio será relator da apuração do caixa 2 de Onyx Lorenzoni

O caso estava sendo apurado no âmbito da Lava Jato, mas atendendo pedido da PGR, foi feito sorteio para escolha de novo relator do caso que apura o caixa 2 de campanha do futuro ministro-chefe da Casa Civil de Jair Bolsonaro, Onyx Lorenzoni; deputado pelo DEM, Onyx já confessou o crime de caixa 2 na eleição de 2014; ele aparece em planilha de repasses da JBS referente a 2012

Marco Aurélio será relator da apuração do caixa 2 de Onyx Lorenzoni
Marco Aurélio será relator da apuração do caixa 2 de Onyx Lorenzoni

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, será o relator da apuração sobre os repasses da J&F por meio de caixa 2 ao deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), responsável pela transição de governo e futuro ministro da Casa Civil no governo de Jair Bolsonaro.

O caso estava sob a relatoria do também ministro Edson Fachin, mas atendendo a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), foi feito novo sorteio para escolha de novo relator por entender que o caso não tinha relação direta com a Lava Jato.

Onyx já confessou o crime de caixa 2. Ele aparece em planilha de repasses da JBS referente a 2012. Na época, Onyx se autodenominava como "combatente contra a corrupção".

Com a revelação do esquema e a citação de seu nome, Onyx resolveu confessar e afirmou ter recebido R$ 100 mil por meio de caixa dois para a campanha de 2014. Mas nada falou sobre a eleição de 2012.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247