Marcos Valério: mensalão foi para vender jornal

Em entrevista à jornalista Eliane Trindade, da Folha de S. Paulo, o ex-publicitário diz que o mensalão não foi aquilo que a imprensa divulgou; o ex-operador do PSDB em Minas Gerais afirma que a descrição do mensalão produzida pela imprensa foi "para vender jornal"; Valério, no entanto, pondera que está negociando delação premiada e não pode dar mais detalhes sobre o que realmente foi o mensalão

BELO HORIZONTE, MG, 16.11.2013: MENSALÃO/PRISÕES/MG - Envolvidos no caso do Mensalão chegam ao IML para exame de corpo de delito. Na foto: Marcos Valerio. (Foto: Fredrico Haikal/Hoje Em Dia/Folhapress)
BELO HORIZONTE, MG, 16.11.2013: MENSALÃO/PRISÕES/MG - Envolvidos no caso do Mensalão chegam ao IML para exame de corpo de delito. Na foto: Marcos Valerio. (Foto: Fredrico Haikal/Hoje Em Dia/Folhapress) (Foto: Gustavo Conde)

247 - Em entrevista à jornalista Eliane Trindade, da Folha de S. Paulo, o ex-publicitário diz que o mensalão não foi aquilo que a imprensa divulgou. O ex-operador do PSDB em Minas Gerais afirma que a descrição do mensalão produzida pela imprensa foi "para vender jornal". Valério, no entanto, pondera que está negociando delação premiada e não pode dar mais detalhes sobre o que realmente foi o mensalão. 

“Erros cometidos por mim e por um monte de gente me custaram muito caro. Custou a educação do meu filho, custou quase cinco anos longe deles. Quando minha filha precisou de pai em momentos difíceis, eu não estava presente. Perdi o casamento dela, o nascimento do meu neto", diz Valério.

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247