Maria do Rosário: humor não pode ser censurado, o ódio sim

"Meu objetivo não era de censura. Era contra os ataques de ódio, contra a violência. O humor não deve ser censurado, nem é. Você pode ver: Jô Soares, Chico Anísio e outros humoristas fazem essas coisas? Atacam as pessoas? Não. Eles fazem humor, um humor que pode até ser discutido, mas não agride", lembrou a deputada Maria do Rosário (PT), em entrevista após a condenação do humorista Danilo Gentili

Maria do Rosário: humor não pode ser censurado, o ódio sim
Maria do Rosário: humor não pode ser censurado, o ódio sim

247 - Em entrevista ao portal Universa, do Uol, a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) disse que, ao processar o apresentador Danilo Gentili, não tinha como objetivo censurar o humor, e sem defender-se da violência e de ataques de ódio. A petista, que venceu um processo contra Gentili nesta semana, culminando com a condenação do humorista a prisão, lembrou que outros nomes do humor não fazem comédia com ataques pessoais.

"Meu objetivo não era de censura. Era contra os ataques de ódio, contra a violência. O humor não deve ser censurado, nem é. Você pode ver: Jô Soares, Chico Anísio e outros humoristas fazem essas coisas? Atacam as pessoas? Não. Eles fazem humor, um humor que pode até ser discutido, mas não agride", lembrou a deputada.

Maria se diz a favor da crítica política e social, e que suas posições políticas podem ser questionadas. "Eu luto pela liberdade de expressão. O que não posso tolerar é a liberdade de ataque, de agressão e a pregação do ódio. Isso tem que ser combatido em todos os espaços".

 Leia a entrevista completa aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247