Marina: ‘ainda não sei se serei candidata em 2018’

Diante do fiasco nas eleições municipais e da debandada de intelectuais de seu recém-criado partido, a Rede Sustentabilidade, a ex-senadora Marina Silva, que obteve votações expressivas quando concorreu à Presidência da República em 2014 e 2010, diz não saber se será candidata novamente no pleito de 2018; "Ainda não sei se serei candidata. Dei minha contribuição em 2010 e 2014 e minha presença ajudou a produzir dois segundos turnos", disse ela, reforçando que pretende priorizar a consolidação de sua sigla

Marina: ‘ainda não sei se serei candidata em 2018’
Marina: ‘ainda não sei se serei candidata em 2018’ (Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)

247 - Diante do fiasco nas eleições municipais e da debandada de intelectuais de seu recém-criado partido, a Rede Sustentabilidade, a ex-senadora Marina Silva, que obteve votações expressivas quando concorreu à Presidência da República em 2014 e 2010, diz não saber se será candidata novamente no pleito de 2018. "Ainda não sei se serei candidata. Dei minha contribuição em 2010 e 2014 e minha presença ajudou a produzir dois segundos turnos", disse em entrevista à Coluna do Estadão, reforçando que pretende priorizar a consolidação de sua sigla.

Marina defendeu ainda o seu partido, apesar do fraco desempenho.

"A Rede elegeu cinco prefeituras e está no segundo turno em várias cidades. Obviamente, nossa votação em São Paulo e no Rio não foi a que desejamos, mas um partido não se constrói da noite para o dia. Só temos um ano de vida.

Nunca a polarização saiu tão fortalecida como agora. Em todos os lugares. Talvez, daqui a pouco, tenhamos polarização entre PSDB e PMDB.

Dá para sentir que há certa dificuldade de lidar com a Rede. Como ela não se submete à lógica da polarização e tenta criar seu próprio caminho, as pessoas ficam sem referências. Aí, fica difícil."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247