Meirelles: Lula lidera pesquisas porque o povo tem boas lembranças do seu governo

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que a liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas pesquisas de intenção de voto se deve porque os brasileiros "têm boas lembranças do seu governo". "A inflação estava sob controle e houve criação de empregos, especialmente nos primeiros anos do governo. Eu sei muito bem porque estava no Banco Central", afirmou; para ele, o julgamento de Lula nesta quarta-feira (24), pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) é um "momento crítico" para o ex-presidente

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, depois de encontro com presidente-executivo da Petrobras e, Brasília, Distrito Federal 16/01/2018 REUTERS/Ueslei Marcelino
Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, depois de encontro com presidente-executivo da Petrobras e, Brasília, Distrito Federal 16/01/2018 REUTERS/Ueslei Marcelino (Foto: Paulo Emílio)

247 - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse, em entrevista à rede norte-americana CNBC, que a liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas pesquisas de intenção de voto se deve porque os brasileiros "têm boas lembranças do seu governo". "A inflação estava sob controle e houve criação de empregos, especialmente nos primeiros anos do governo. Eu sei muito bem porque estava no Banco Central", afirmou Meirelles que está em Davos, Suíça, participando de reuniões do Fórum Econômico Mundial.

Meirelles disse, ainda, que a população possui uma espécie de "sentimento misto" em relação aos governos do PT porque a presidente deposta Dilma Rousseff "levou País à maior e mais longa recessão da história". Para ele, o julgamento de Lula nesta quarta-feira (24), pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) é um "momento crítico" para o ex-presidente.

Sobre sua potencial candidatura à Presidência da República, o ministro ressaltou que o seu plano é "ficar totalmente focado na economia até decidir sobre concorrer ou não". "Entre fatores que pesam, um é a questão das composições dos partidos. Outro fator que é importante é ter uma boa coalizão, uma vez que há muitos partidos no Brasil e muitos congressistas em cada um deles. Há também a questão do bem-estar econômico da população. E por fim, há uma decisão pessoal final", observou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247