Mercadante nega que tenha recebido caixa 2 em campanha de 2010

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em depoimento à Polícia Federal na quinta-feira (7), em Brasília, rebateu a versão do dono da UTC, Ricardo Pessoa, que disse ter feito contribuições via caixa dois para a campanha do petista ao governo de São Paulo, em 2010; segundo o ministro, doações foram oficialmente registradas na Justiça eleitoral

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em depoimento à Polícia Federal na quinta-feira (7), em Brasília, rebateu a versão do dono da UTC, Ricardo Pessoa, que disse ter feito contribuições via caixa dois para a campanha do petista ao governo de São Paulo, em 2010; segundo o ministro, doações foram oficialmente registradas na Justiça eleitoral
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em depoimento à Polícia Federal na quinta-feira (7), em Brasília, rebateu a versão do dono da UTC, Ricardo Pessoa, que disse ter feito contribuições via caixa dois para a campanha do petista ao governo de São Paulo, em 2010; segundo o ministro, doações foram oficialmente registradas na Justiça eleitoral (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em depoimento à Polícia Federal na quinta-feira (7), em Brasília, rebateu a versão do dono da UTC, Ricardo Pessoa, que disse ter feito contribuições via caixa dois para a campanha do petista ao governo de São Paulo, em 2010.

O ministro afirmou que só recebeu doações oficialmente registradas na Justiça eleitoral.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247