Metade dos brasileiros não deseja reeleição de Bolsonaro, diz pesquisa

Pesquisa Exame/Ideia aponta que 50,3% dos brasileiros avaliam que Jair Bolsonaro não merece ser reeleito em 2022.Maiores íÍndices de rejeição estão localizados no segmento com baixa escolaridade e junto aos habitantes do Norte e Nordeste

Fora Bolsonaro
Fora Bolsonaro
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pesquisa Exame/Ideia aponta que 50,3% dos brasileiros avaliam que Jair Bolsonaro não merece ser reeleito em 2022. De acordo com o levantamento, divulgado nesta sexta-feira (29), 42% defendem que ele seja reeleito. Outros 7,7% não souberam ou não quiseram responder. Os dados refletem o desgaste de Bolsonaro na condução do enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. 

De acordo com a pesquisa, os maiores índices de rejeição a Bolsonaro estão localizados no segmento com baixa escolaridade e os habitantes das Regiões Norte e Nordeste. O Norte do país vem sendo duramente afetado pelo avanço da Covid-19 e muitos pacientes internados morreram por falta de oxigênio hospitalar. 

Entre os que não completaram o ensino fundamental, 53% dizem que Bolsonaro não deve ser reeleito e entre os moradores do Norte, esta posição é defendida por 69% dos entrevistados. 

Apesar da rejeição, a pesquisa também aponta que Bolsonaro segue à frente da disputa presidencial para 2022, com 32% a 36% das intenções de voto. Log em seguida aparecem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que registra entre 15% e 17% da preferência do eleitorado, e o ex-ministro Ciro Gomes, com 10% a 11% das intenções de voto. 

A pesquisa foi realizada por telefone, em todas as regiões do país, entre os dias 25 e 28 de janeiro, e possui margem de erro de três pontos percentuais, para mais ou para menos

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email