Militantes da FNL se reúnem com José Dirceu

Um grupo de militantes da Frente Nacional de Lutas no Campo e Cidade (FNL) se reuniu com o ex-ministro José Dirceu, que cumpre prisão em regime domiciliar, em Brasília; para o líder do FNL, José Rainha, Dirceu é uma das "maiores lideranças que a esquerda tem no Brasil na atualidade"; segundo Rainha, o grupo fechou compromisso com o ex-ministro de "acirrar a luta de classe" e combater a oligarquia rural; "Também vamos ajudar o nosso companheiro Lula a não ser preso e elegê-lo novamente como presidente da República", afirmou

Um grupo de militantes da Frente Nacional de Lutas no Campo e Cidade (FNL) se reuniu com o ex-ministro José Dirceu, que cumpre prisão em regime domiciliar, em Brasília; para o líder do FNL, José Rainha, Dirceu é uma das "maiores lideranças que a esquerda tem no Brasil na atualidade"; segundo Rainha, o grupo fechou compromisso com o ex-ministro de "acirrar a luta de classe" e combater a oligarquia rural; "Também vamos ajudar o nosso companheiro Lula a não ser preso e elegê-lo novamente como presidente da República", afirmou
Um grupo de militantes da Frente Nacional de Lutas no Campo e Cidade (FNL) se reuniu com o ex-ministro José Dirceu, que cumpre prisão em regime domiciliar, em Brasília; para o líder do FNL, José Rainha, Dirceu é uma das "maiores lideranças que a esquerda tem no Brasil na atualidade"; segundo Rainha, o grupo fechou compromisso com o ex-ministro de "acirrar a luta de classe" e combater a oligarquia rural; "Também vamos ajudar o nosso companheiro Lula a não ser preso e elegê-lo novamente como presidente da República", afirmou (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um grupo de militantes da Frente Nacional de Lutas no Campo e Cidade (FNL) se reuniu com o ex-ministro José Dirceu, que cumpre prisão em regime domiciliar, em Brasília.

Para o líder do FNL, José Rainha, Dirceu é uma das "maiores lideranças que a esquerda tem no Brasil" na atualidade. "Um companheiro de uma coerência e de uma moral que toda militância de esquerda deveria seguir e se orgulhar. Conheço Dirceu há mais de 30 anos, sua trajetória de luta tem sido e é para a nossa militância da FNL um espelho", disse Rainha após o encontro. "Com ele aprendemos a arte e a ciência da política. Sua habilidade em fazer articulação foi o que permitiu o PT chegar ao poder em 2002", acrescentou.

Segundo o líder da FNL, o grupo fechou compromisso com o ex-ministro de "acirrar a luta de classe" e combater a oligarquia Rural. "Também vamos ajudar o nosso companheiro Lula a não ser preso e elegê-lo novamente como presidente da República", afirmou. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247