Militares idosos vão trabalhar em casa durante crise do coronavírus

O Exército ordenou que militares com 60 anos ou mais trabalhem à distância

General Edson Pujol, comandante do Exército
General Edson Pujol, comandante do Exército (Foto: Divulgação)

247 - O Exército brasileiro mandou 1.275 militares para casa, para realizar trabalho à distância. Os membros da força autorizados a ficarem no teletrabalho foram aqueles com idade igual ou superior a 60 anos. O Exército tem 223 mil integrantes.

A ordem é uma das medidas decorrentes da fala do comandante do Exército, general Edson Pujol, divulgada em vídeo na última quarta-feira (25), em que o chefe da força afirma que a crise do coronavírus "talvez seja a missão mais importante de nossa geração".

A informação é do Painel da Folha de S.Paulo

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247