“Minha luta é pelo social”, diz herdeira de banco suíço que doou a Lula

Roberta Luchsinger, herdeira da família fundadora do banco Credit Suisse, que decidiu doar R$ 500 mil ao ex-presidente Lula após o bloqueio dos bens do petista pelo juiz Sergio Moro, respondeu aos críticos nesta sexta-feira em sua página no Facebook: "Minha luta é pelo social!!!"; neste sábado, ela publicou uma nova mensagem sobre o seu gesto; "A causa que defendo com meu coração, minha alma e meus recursos é a causa social - a causa dos menos favorecidos. Meu objetivo é fomentar a educação de qualidade para todos os cidadãos brasileiros, assim como acesso à saúde, à tecnologia e cultura", escreveu; leia a íntegra

Roberta Luchsinger, herdeira da família fundadora do banco Credit Suisse, que decidiu doar R$ 500 mil ao ex-presidente Lula após o bloqueio dos bens do petista pelo juiz Sergio Moro, respondeu aos críticos nesta sexta-feira em sua página no Facebook: "Minha luta é pelo social!!!"; neste sábado, ela publicou uma nova mensagem sobre o seu gesto; "A causa que defendo com meu coração, minha alma e meus recursos é a causa social - a causa dos menos favorecidos. Meu objetivo é fomentar a educação de qualidade para todos os cidadãos brasileiros, assim como acesso à saúde, à tecnologia e cultura", escreveu; leia a íntegra
Roberta Luchsinger, herdeira da família fundadora do banco Credit Suisse, que decidiu doar R$ 500 mil ao ex-presidente Lula após o bloqueio dos bens do petista pelo juiz Sergio Moro, respondeu aos críticos nesta sexta-feira em sua página no Facebook: "Minha luta é pelo social!!!"; neste sábado, ela publicou uma nova mensagem sobre o seu gesto; "A causa que defendo com meu coração, minha alma e meus recursos é a causa social - a causa dos menos favorecidos. Meu objetivo é fomentar a educação de qualidade para todos os cidadãos brasileiros, assim como acesso à saúde, à tecnologia e cultura", escreveu; leia a íntegra (Foto: Gisele Federicce)

247 - A herdeira da família fundadora do banco Credit Suisse Roberta Luchsinger, que causou polêmica nesta sexta-feira 11 ao decidir doar R$ 500 mil ao ex-presidente Lula, depois que o ex-presidente teve todos os seus bens e investimentos bloqueados por decisão do juiz Sergio Moro, comentou o seu gesto.

"Minha luta é pelo social!!!", postou ela em sua página no Facebook nesta sexta, em resposta aos críticos. Neste sábado 12, ela divulgou uma nova mensagem sobre a decisão. Leia abaixo a íntegra:

Venho por meio dessa mensagem ressaltar a todos vocês que a causa que defendo com meu coração, minha alma e meus recursos, é a causa social - a causa dos menos favorecidos. Meu objetivo é fomentar a educação de qualidade para todos os cidadãos brasileiros, assim como acesso à saúde , à tecnologia e cultura.

Ressalto ainda , que meu engajamento na política terá como objetivo maior a erradicação da pobreza e da miséria. Conto com a compreensão e apoio de todos vocês, porque juntos somos mais fortes.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247