Ministra da Agricultura diz que detecção de coronavírus em embalagem de frango do Brasil não deve afetar exportação

"É claro que não é bom para a imagem de ninguém, agora acho que isso não afeta [a exportação brasileira]", disse Tereza Cristina, ministra da Agricultura

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina
A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta quinta-feira (13) acreditar que a detecção de coronavírus em embalagem de frango na China com origem brasileira não deve afetar a exportação do produto.

"É claro que não é bom para a imagem de ninguém, agora acho que isso não afeta [a exportação brasileira], porque nós temos confiança nos nossos serviços e nas empresas que estão cumprindo um protocolo rígido, cuidando da segurança dos funcionários", disse à Folha de S. Paulo.

"Já houve plantas no Brasil que foram suspensas e já voltaram. Já houve plantas na Argentina que foram suspensas e voltaram. Não por causa do alimento. Não existe comprovação científica em lugar nenhum do mundo de que você tem contaminação em alimentos. Então, é um assunto que vamos lidar até a pandemia acabar", completou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247