Ministério da Saúde pede que brasileiros evitem viagens à China

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou nesta terça-feira que a população brasileira não deve se preocupar com o risco de coronavírus circulando no país, mas deve evitar viagens de turismo à China por precaução

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou nesta terça-feira (28) que a população brasileira não deve se preocupar com o risco de coronavírus circulando no país, mas deve evitar viagens de turismo à China por precaução. 

Mandetta também disse que há um caso suspeito de coronavírus em Minas Gerais. Trata-se se uma mulher que viajou para a cidade de Wuhan, cidade considerada epicentro da doença na China. Ele também pediu para população evitar viagens à China. 

Segundo o ministro, a paciente, que não teve o nome divulgado, está estável e não apresenta complicações. Ela apresentou sintomas compatíveis com o protocolo da suspeita.

"Nós analisamos 7.020 rumores, 127 exigiram a verificação", afirmou o ministro. Ele confirmou que uma brasileira viajou para Wuhan (cidade chinesa epicentro do surto) "até 24 de janeiro", informou o Portal UOL. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247