Ministro da Justiça oferece Força Nacional para conter crise em presídio do AM

Ministro da Justiça, Alexandre Moraes, disse, em nota, que está colocando a estrutura do governo federal à disposição do governo do Amazonas no que diz respeito às iniciativas para conter a crise no sistema prisional do Estado; auxílio poderá ser feito até mesmo com a transferência de detentos para presídios federais e com o envio de homens da força nacional de segurança; anúncio vem na esteira de uma rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim que deixou ao menos 60 mortos em menos de 24 horas

Brasília - O ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, participa da cerimônia de posse de novos secretários (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Brasília - O ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, participa da cerimônia de posse de novos secretários (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil) (Foto: Paulo Emílio)

247 - O ministro da Justiça, Alexandre Moraes, disse, em nota, que está colocando a estrutura do governo federal à disposição do governo do Amazonas no que diz respeito às iniciativas para conter a crise no sistema prisional do Estado. De acordo com a nota, o auxílio poderá ser feito até mesmo com a transferência de detentos para presídios federais e com o envio de homens da força nacional de segurança. Anúncio vem na esteira de uma rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim que deixou ao menos 60 mortos em menos de 24 horas.

Moraes, que está em São Paulo, deverá viajar para Manaus ainda nesta segunda-feira (2) para acompanhar de perto a situação. Ainda de acordo com o texto da nota, o Governo do Amazonas teria informado que irá utilizar os R$ 44,7 milhões recebidos por meio do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) no último dia 29 de dezembro para sanear os problemas. Moraes também lamentou as mortes ocorridas.

Leia a íntegra da nota:

"Sobre a rebelião ocorrida entre a tarde de domingo (1) e a manhã desta segunda-feira (2) no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em Manaus, o Ministério da Justiça e Cidadania informa que o ministro Alexandre de Moraes lamenta as mortes ocorridas e manteve contato direto com o governador do Amazonas, José Melo de Oliveira.

O ministro colocou-se à disposição do governador para tudo o que fosse preciso, inclusive para eventuais transferências para presídios federais e envio da Força Nacional. O governador informou que neste momento a situação no complexo penitenciário já está sob controle. E que já utilizará para sanar os problemas os R$ 44,7 milhões de repasse que o Fundo Penitenciário do Amazonas recebeu do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) na última quinta-feira, 29 de dezembro."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247