Ministro do Turismo marca data para prestar esclarecimentos sobre esquema do laranjal do PSL

Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio marcou para o dia 6 de agosto sua ida ao Senado para prestar esclarecimentos sobre o esquema de candidaturas laranjas do PSL; ofício marcando a data da audiência visa evitar um requerimento com um pedido de convocação,protocolado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

Palavras do Ministro de Estado do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.
Palavras do Ministro de Estado do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio marcou para o dia 6 de agosto sua ida ao Senado para prestar esclarecimentos sobre o esquema de candidaturas laranjas do PSL. Ofício marcando a data da audiência enviado ao presidente da Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor, senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL), visa evitar um requerimento com um pedido de convocação, que estava na pauta desta terça-feira (9), e pelo qual ele seria obrigado a comparecer à sessão marcada para ouvi-lo, caso fosse aprovado. 

Em março, a comissão já havia aprovado um convite para que o ministro marcasse uma data para prestar informações sobre as suspeitas de participação no esquema. Como isso não aconteceu, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) apresentou um requerimento pedindo a convocação de Marcelo Álvaro. 

Em junho, assessores próximos do ministro foram presos pela Polícia Federal devido as suspeitas de envolvimento no esquema que ficou conhecido como “laranjal do PSL” (leia no Brasil 247).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247