Ministro do turismo pode ser substituído, diz Mourão

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, foi claro ao afirmar que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, poderá deixar o cargo, se as investigações da Polícia Federal comprovarem a participação dele no laranjal do PSL em Minas Gerais

Mourão lamenta demissão de Santos Cruz: companheiro de todas as horas
Mourão lamenta demissão de Santos Cruz: companheiro de todas as horas (Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente em exercício, Hamilton Mourão, foi taxativo ao afirmar que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, poderá deixar o cargo, se as investigações da Polícia Federal comprovarem a participação dele no laranjal do PSL em Minas Gerais. 

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que "o assessor especial do ministro, Mateus Von Rondon, foi preso em Brasília. Contudo, Mourão pediu cautela para que Álvaro Antônio não seja linchado antes do “desenlace da investigação'.”.

A matéria ainda destaca mais um trcho da fala de Mourão: "óbvio que se houver alguma culpabilidade dele neste processo, o presidente não vai ter nenhuma dúvida em substituí-lo. Mas vamos lembrar que sempre que a gente colocar a culpabilidade na frente dos acontecimentos as coisas não funcionam corretamente. Então, não vamos linchar a pessoa antes de todos os dados serem esclarecidos."

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247