Moraes ganha da Folha o carimbo de 'o grande censor'

"O Grande Censor". Foi assim que o jornal Folha de S.Paulo designou o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, relator do inquérito instaurado pelo próprio STF para apurar ataques à Corte em meios de comunicação e redes sociais. Um "inquérito anômalo", segundo o jornal, que vê na ação do ministro atropelo da tradição da Corte

Moraes ganha da Folha o carimbo de 'o grande censor'
Moraes ganha da Folha o carimbo de 'o grande censor' (Foto: Nelson Jr./SCO/STF )

247 - "O Grande Censor". Foi assim que o jornal Folha de S.Paulo designou o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, relator do inquérito instaurado pelo próprio STF para apurar ataques à Corte em meios de comunicação e redes sociais. Um "inquérito anômalo", segundo o jornal, que vê na ação do ministro atropelo da tradição da Corte.

Para o jornal, Alexandre de Moraes "foi além do razoável" ao conduzir o inquérito, praticando censura, intimando jornalistas e ordenando devassas judiciais.

[Alexandre de Moraes] "Colocou o tribunal, garantidor dos direitos fundamentais, a patrocinar medidas típicas de poderes de exceção. É hora de parar com o experimento perigoso. Ou que o plenário da corte o bloqueie".

A Folha de S.Paulo avalia que a própria instalação do inquérito "já foi anômala". "Ocorreu pela vontade do presidente do Supremo, valendo-se de interpretação elástica de suas prerrogativas. Dias Toffoli também contornou o expediente ordinário do sorteio do relator e pôs Moraes a chefiar as investigações", assinala o editorial, que chama de "monstrengo" um inquérito "no qual um juiz acumula os papéis de alvo potencial do crime, condutor da ação policial e árbitro final da causa. Esse novelo se harmoniza mal com o devido processo legal".

Leia a íntegra

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247