Moro confirma primeiro caso de coronavírus no sistema prisional

O detento que foi diagnosticado com a doença cumpre pena no regime semiaberto no Centro de Progressão Penitenciária do Pará, em Belém

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, confirmou nesta quarta-feira (8), que foi registrado o primeiro caso de coronavírus dentro de uma penitenciária.

O detento que foi diagnosticado com a doença cumpre pena no regime semiaberto no Centro de Progressão Penitenciária do Pará, em Belém.

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária do estado, o preso apresenta um quadro leve e será levado para uma outra unidade, onde permanecerá em isolamento. Os demais detentos estão sendo avaliados por médicos e, caso apresentem sintomas, também cumprirão quarentena.

Apesar de Moro afirmar que este seria o primeiro caso, em 20 de março, o Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifusesp) informou que um detento do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Bauru, no interior de São Paulo, contraiu coronavírus.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email