Moro quer unir forças contra juiz das garantias

O ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro continua em plena ofensiva contra o juiz das garantias instituído na lei anticrime, já sancionada por Jair Bolsonaro. Ele pede que seus aliados mantenham a pressão contra a medida à qual se opõe abertamente

Sergio Moro 
Sergio Moro  (Foto: ADRIANO MACHADO - REUTERS)

247 - Sergio Moro está mobilizando forças e orientando aliados políticos a manterem alta a pressão contra a instituição do juiz das garantias.

O adiamento por seis meses da implementação das mudanças na Justiça, determinado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli, agradou ao ministro, mas foi criticado pelos advogados, informa a jornalista Mônica Bergamo em sua coluna.

 “Direitos e garantias individuais são mais relevantes do que a acomodação da prática judiciária”, diz Hugo Leonardo, presidente do IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa).


Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247