Mourão defende Guedes e declara que Brasil sofre pressão de países que não preservaram florestas

O vice-presidente Hamilton Mourão, que comanda o Conselho da Amazônia, defendeu declarações de Paulo Guedes e afirmou que países que "não fizeram o trabalho" de preservação das próprias florestas estão pressionando o Brasil

É necessário reorganizar Mercosul para trazer Argentina de volta ao jogo, diz Mourão
É necessário reorganizar Mercosul para trazer Argentina de volta ao jogo, diz Mourão (Foto: REUTERS/Florence Lo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O vice-presidente Hamilton Mourão, que comanda o Conselho da Amazônia, afirmou nesta sexta-feira (7) que países que "não fizeram o trabalho" de preservação das próprias florestas estão pressionando o Brasil. Mourão deu a declaração para defender o ministro da Economia, Paulo Guedes. A reportagem é do portal G1.

Em videoconferência na quinta-feira (6), promovida por um instituto de Chicago (EUA), Paulo Guedes pediu aos estrangeiros que sejam "gentis" com o Brasil porque eles "destruíram" as próprias florestas, acrescenta a reportagem. 

"Eu só peço que vocês sejam gentis, pois nós somos muito gentis. Nós entendemos sua preocupação. Tendo vivido tudo o que vocês viveram, vocês querem nos poupar de destruir nossas florestas, como vocês destruíram as de vocês. Vocês querem nos poupar de perseguir índios, nativos. Nós entendemos isso”, declarou o ministro da Economia.

Questionado nesta sexta se as declarações de Guedes atrapalham a proximidade do Brasil com investidores estrangeiros, Mourão respondeu que “as vezes a gente sofre determinadas pressões oriundas de países que não fizeram o trabalho deles em outro período da história. Não atrapalha, o Guedes ele só ajuda”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247