Mourão: "pode ser que tenha que ocorrer algum racionamento"

A declaração do vice-presidente da República veio na mesma semana em que a Aneel anunciou um novo aumento para a tarifa extra de energia elétrica. Inflação pressiona o bolso do consumidor

www.brasil247.com - Vice-presidente Hamilton Mourão
Vice-presidente Hamilton Mourão (Foto: Bruno Batista /VPR | REUTERS/Pawel Kopczynski)


247 - O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta quarta-feira (1) que o Brasil pode ter um racionamento de energia elétrica em decorrência da crise hídrica. 

"O que eu tenho acompanhado é que o governo tomou as medidas necessárias, criou uma comissão para acompanhar e tomar as decisões a tempo e a hora no sentido de impedir que ocorra isso aí que você [repórter] colocou, que haja apagão. Agora, pode ser que tenha que ocorrer algum racionamento", disse o general em coletiva de imprensa.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), foi definido um novo valor para a tarifa extra de energia elétrica. A partir desta quarta-feira (1º), a bandeira vermelha passará para R$ 14,20 a cada 100KWh, ante os atuais R$ 9,49, um aumento de 49,6%. Por consequência, a conta de luz ficará 6,78% mais cara, em média. A vigência da nova tarifa vai até abril de 2022. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O tarifaço deve jogar a inflação para 8,2% este ano, de acordo com o economista André Braz, coordenador dos Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV Ibre). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A inflação pode chegar a 7,7% em 2021 por causa do aumento da conta de luz, conforme projeção da XP Investimentos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O centro da meta de inflação, em 2020, foi de 3,75%.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email