Mourão: quem manda é o Bolsonaro

Ocupando interinamente a Presidência, enquanto Jair Bolsonaro está no hospital, o general Hamiton Mourão concedeu entrevista ao jornal Correio Braziliense na qual buscou evitar qualquer conflito com o clã: “Uma coisa que todo mundo precisa entender é: Quem é o decisor? O presidente Jair Bolsonaro. A gente pode ter um monte de ideias, mas a palavra final é dele”

Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão
Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão (Foto: Bruno Batista/ VPR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ocupando interinamente a Presidência, enquanto Jair Bolsonaro está no hospital, o general Hamiton Mourão concedeu entrevista ao jornal Correio Braziliense na última sexta-feira (13) na qual buscou evitar qualquer conflito com o clã: “Uma coisa que todo mundo precisa entender é:  Quem é o decisor? O presidente Jair Bolsonaro. A gente pode ter um monte de ideias, mas a palavra final é dele”.

O vice evitou cuidadosamente todas as questões polêmicas e capazes de criar conflito com o clã Bolsonaro, limitando-se a generalidades e obviedades e à defesa das Forças Armadas: "Existe uma imagem totalmente errada, um desconhecimento por grande parte da imprensa, do que são os militares brasileiros. Criou-se uma imagem em relação ao período de presidentes militares, também distorcida. Desconhecem como é a nossa formação, como é a nossa maneira de pensar, e fica só aquele estereótipo, muitas vezes confundido com figuras que ficaram no passado. Tudo na vida evolui. E uma realidade é que as Forças Armadas brasileiras sempre foram uma instituição democrática."

Para defender Bolsonaro, afirmou que "nosso governo não é antidemocrático", depois de haver reagido no meio da semana aos ataques dde Carlos Bolsonaro à democracia nos últios dias. "Acho que se procura colocar uma coisa nas costas do presidente Bolsonaro que ele não é. Se fosse antidemocrático, não tinha concorrido à eleição", completou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email