MP cobra Guedes por censura a dados da Previdência

A censura sobre dados, pareceres e estudos técnicos nos quais se baseia a proposta de reforma da Previdência enviada pelo governo ao Congresso Nacional motivou uma cobrança formal do Ministério Público a Paulo Guedes, ministro da Economia. Por meio da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), a Procuradoria Geral da República) enviou nesta quarta-feira feira (24) uma cobrança formal sobre o sigilo imposto por Guedes a essas informações

MP cobra Guedes por censura a dados da Previdência
MP cobra Guedes por censura a dados da Previdência (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A censura sobre dados, pareceres e estudos técnicos nos quais se baseia a proposta de reforma da Previdência enviada pelo governo ao Congresso Nacional motivou uma cobrança formal do Ministério Público a Paulo Guedes, ministro da Economia. Por meio da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), a Procuradoria Geral da República enviou nesta quarta-feira feira (24) uma cobrança formal sobre o sigilo imposto por Guedes a essas informações.

A censura de Guedes a esses dados foi motivo de intensa polêmica e questionamentos jurídicos na Câmara dos Deputados na última terça-feira (23), quando a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania aprovou a admissibilidade da reforma.

Reportagem de Fábio Fabrini na Folha de S.Paulo informa que o Ministério Público exigiu que Guedes confirme a censura e lhe envie os pareceres jurídicos que a fundamentam. A atitude do governo é uma flagrante violação da Lei de Acesso a Informações.

A Folha de S.Paulo informa ainda que o ofício cobrando explicações de Guedes assinado pela procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat, foi encaminhado pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247