Músico que matou amiga no Rio é condenado a 14 anos

Bruno Kligierman Melo foi acusado pela Justia do Estado de estrangular e matar Brbara Chamum Clazans, de 18 anos, em 2009; em depoimento, alegou no se lembrar de nada por estar sob o efeito de drogas

Músico que matou amiga no Rio é condenado a 14 anos
Músico que matou amiga no Rio é condenado a 14 anos (Foto: DIVULGAÇÃO)

Fernando Porfírio _247 – A Justiça do Rio condenou o músico Bruno Kligierman Melo a 14 anos de prisão. Bruno é acusado de estrangular e matar a amiga Bárbara Chamun Clazans. O crime ocorreu em 2009, no apartamento do réu, no Aterro do Flamengo, na zona sul carioca. Na época, o músico alegou que havia fumado crack e ingerido bebida.

A decisão do 1º Tribunal do Júri do Rio de Janeiro saiu na madrugada desta terça-feira (28). A juíza Simone de Faria Ferraz determinou que o músico cumpra a pena em regime inicial fechado e negou ao músico o direito de recorrer da sentença em liberdade.

A magistrada afirmou que o Judiciário precisa ser duro com delitos de extrema crueldade, como o praticado pelo músico. “Para que outras outras Bárbaras não deixem o sonho simples – viver a vida – é preciso que Brunos encontrem limites”.

“A cracolândia que vemos na linha de trem não é desigual das baladas do baixo Leblon. É que lá, estão sujos, jogados, rasgados, famintos. No baixo, a grife da moda disfarça o vazio”, afirmou a juíza. Segundo ela, o crime praticado pelo músico revela a face mais monstruosa da sociedade que, hipócrita, insiste em assistir inerte a morte diária de adolescentes.

“Preocupamo-nos com o uso de drogas nas camadas menos favorecidas da sociedade, não em razão de questões humanitárias, mas sim, para que não batam os ‘zumbis’ em nossas portas e arranquem de nosso ventre um filho”, disse a juíza. “É que lá, estão sujos, jogados, rasgados, famintos. No baixo, a grife da moda disfarça o vazio”, completou.

Em seu depoimento, o músico alegou que não se lembrava de nada no dia do crime, pois estava sob efeito de drogas, após sair de uma comemoração na casa de um amigo. Bruno contou que ele e Bárbara tiveram um breve relacionamento, mas não namoraram. “A gente era amigo”, disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247