Nassif: Toffoli escancara o jogo de cena do Supremo

Em texto no Jornal GGN, o jornalista Luis Nassif critica o "jogo de cena"; "A garantia de haver maioria contra Lula, em cada votação delicada, libera a minoria para tentar salvar a cara do Supremo e a sua própria, defendendo a Constituição"

Nassif: Toffoli escancara o jogo de cena do Supremo
Nassif: Toffoli escancara o jogo de cena do Supremo (Foto: Dir.: Nelson Jr - STF)

247 - "As declarações de Dias Toffoli, futuro presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), à Mônica Bérgamo, expõe com clareza a estratégia conjunta dos Ministros – que já descrevi algumas vezes aqui", diz o jornalista Luis Nassiff, no jornal GGN, em referência do ministro - Toffoli disse o cargo "muitas vezes leva quem a está exercendo a votar contra seu próprio convencimento em defesa da instituição”, insinuando que não tomará iniciativa para a libertação do ex-presidente Lula. 

Segundo Nassif, essa "postura está desmoralizando o Tribunal junto a um público especial: os juristas do mundo todo, os juristas internos apegados a Lula e os internos apegados à Constituição". "É uma lambança. Monta-se, então, esse jogo de cena. A garantia de haver maioria contra Lula, em cada votação delicada, libera a minoria para tentar salvar a cara do Supremo e a sua própria, defendendo a Constituição. E dá alguma coerência a seus votos que livram os aliados do estado de exceção", afirmou. "Aliás, a busca de fantasias é uma das marcas das consciências culpadas".

Leia a íntegra no GGN

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247