Negros foram mais de 75% dos mortos pela polícia em 2017 e 2018

Dados do Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública 2019, divulgado nesta terça-feira (10), mostram que do total dos mortos em decorrência de intervenção policial, entre 2017 e 2018, 75,4% eram pessoas negras. Enquanto as pessoas brancas foram 24,4% das vítimas da letalidade policial

247 - Dados do Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública 2019, divulgado nesta terça-feira (10), mostram que do total dos mortos em decorrência de intervenção policial, entre 2017 e 2018, 75,4% eram pessoas negras. 

Enquanto as pessoas brancas foram 24,4% das vítimas da letalidade policial. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os pretos e pardos representam 55% da população, enquanto os brancos somam 44,2%. 

Também na contramão das quedas dos roubos, latrocínios, lesão corporal, entre outros crimes, está o aumento de 20,6% no número de registros de injúria racial: de 6.195 casos em 2017 para 7.616, em 2018. 

Em 2018, o Brasil registrou 57.341 pessoas mortas de forma violenta e intencional, o que representa uma queda de 10,4% em relação aos 64.021 de 2017. 

Ainda segundo os dados do anuáreio, de cada 100 mortes violentas, 11 foram causadas pela polícia. No Rio de Janeiro, a proporção foi de 23/100 e, em São Paulo, 20/100, sendo os Estados com maiores índices.

Enquanto isso, no Distrito Federal e na Paraíba os números foram de 1/100 e 2/100, respectivamente. Entre as capitais, São Paulo representou queda de 447 (2017) para 406 (2018), no número de mortes decorrentes de intervenção policial. 

Ainda assim apresentou 33,1/100, a taxa mais alta entre as capitais analisadas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247