Nicolás Trotta: decisão de Favreto é sinal de rebeldia

Em artigo na Carta Maior, Nicolás Trotta escreve que "a decisão de Favreto revela que dentro de um setor da Justiça brasileira surgiu um sinal de rebeldia contra o sistema persecutório que se impõe"; segundo ele, "Lula é um reformista. Como dirigente sindical, fez do consenso e do diálogo um dogma. A sociedade espera, atenta. O futuro é imprevisível"

Nicolás Trotta: decisão de Favreto é sinal de rebeldia
Nicolás Trotta: decisão de Favreto é sinal de rebeldia

247 - Em artigo na Carta Maior, Nicolás Trotta escreve que "a decisão de Favreto revela que dentro de um setor da Justiça brasileira surgiu um sinal de rebeldia contra o sistema persecutório que se impõe. Ainda que fracasse desta vez, não deixa de ser um passo adiante. Quem lidera os cenários eleitorais quando Lula não é cogitado como candidato é o ex-militar Jair Bolsonaro, um fascista que declarou que 'o erro da ditadura foi ter torturado e não matado' e que 'Pinochet deveria ter matado mais gente'. Lula é um reformista. Como dirigente sindical, fez do consenso e do diálogo um dogma. A sociedade espera, atenta. O futuro é imprevisível".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247