'Ninguém é de ferro', diz Cid sobre 14 dias na Europa

Governador do Ceará justificou pelo Twitter ausência de 14 dias durante onda de manifestações no país: “Eu sou de carne e osso e fisicamente preciso, vez por outra, de um descanso...”. Ele faria uma viagem rumo à Ásia para contatos comerciais, mas acabou ficando só na Europa, de onde teria embarcado em um cruzeiro com amigos no Mediterrâneo, passando pela Croácia. Ao mesmo tempo, o vice Domingos Filho (PMDB) também viajou para Arábia Saudita e Israel, segundo sua assessoria, numa agenda parte oficial e parte particular

'Ninguém é de ferro', diz Cid sobre 14 dias na Europa
'Ninguém é de ferro', diz Cid sobre 14 dias na Europa

247 – O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), reconheceu que fez uma viagem de 14 dias para a Europa em meio ao onda de manifestações de rua.

Segundo sua assessoria, ele faria uma viagem rumo à Ásia para contatos comerciais. Mas acabou ficando só na Europa, de onde, depois de passagem pela Itália, teria embarcado em um cruzeiro com amigos no Mediterrâneo, passando pela Croácia.

“Parte da minha agenda foi de eventos oficiais e que estão publicados no Diário Oficial. Outra parte foi particular, sem pagamento”, admitiu Cid Gomes, no Twitter, justificando: “Eu sou de carne e osso e fisicamente preciso, vez por outra, de um descanso...”.

Segundo informações do Globo, no período em que o governador esteve ausente, o vice Domingos Filho (PMDB) também viajou para Arábia Saudita e Israel, segundo sua assessoria, numa agenda parte oficial e parte particular. O comando do governo foi entregue ao presidente da Assembleia Legislativa, José Albuquerque (PSB).

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247