Ninguém pode ameaçar um deputado federal e sentir-se impune, diz Rodrigo Maia

Em nota à imprensa sobre a decisão do deputados Jean Wyllys de renunciar ao mandato, Rodrigo Maia - que também é do Rio Janeiro - lamentou a decisão e disse que "nenhum parlamentar pode se sentir ameaçado"

Ninguém pode ameaçar um deputado federal e sentir-se impune, diz Rodrigo Maia
Ninguém pode ameaçar um deputado federal e sentir-se impune, diz Rodrigo Maia (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Por meio de nota à imprensa, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), lamentou a decisão do também deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) de não tomar posse para o novo mandato, que iniciaria em 1º de fevereiro.

Ao comentar o motivos apresentados por Jean Wyllys para renunciar ao mandato, Maia - que também é do Rio Janeiro - disse que ninguém pode ameaçar um deputado e "sentir-se impune".

Jean denunciou que tem sofrido ameaças de morte e se auto exilou no exterior e não retornará ao Brasil.

"Lamento a decisão tomada pelo deputado Jean Wyllys. Como presidente da Casa, e seu colega na Câmara, mesmo estando em posições divergentes no campo das ideias, reconheço a importância do seu mandato. Nenhum parlamentar pode se sentir ameaçado, ninguém pode ameaçar um deputado federal e sentir-se impune", afirmou Maia.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247