No Itamaraty, Eduardo Bolsonaro propõe perseguição ao Foro de São Paulo

Chanceler informal do governo do pai, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) cumpriu agenda de diplomara nesta sexta-feira (12) no Itamaraty e assinou um requerimento para criação da CPI do Foro de São Paulo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Chanceler informal do governo do pai, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) cumpriu agenda de diplomara nesta sexta-feira (12) no Itamaraty. Ao lado do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, participou de uma audiência sobre o Foro de São Paulo.

Quando aceitou o convite para ser embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Eduardo assinou um requerimento para criação da CPI do Foro de São Paulo, “cujo um dos integrantes é o PT e aliado de Maduro e FARC”, afirmou, sobre a antiga obsessão.

Leia a íntegra no Portal Forum

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247