Nova fase da Lava Jato mira banqueiro André Esteves e ex-presidente da Petrobrás

Polícia Federal está cumprindo mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao banqueiro André Esteves, fundador do banco BTG Pactual. Os mandados, autorizados pela 13ª Vara Federal de Curitiba, estão sendo cumpridos no âmbito da 64ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta sexta-feira (23). A residência da ex-presidente da Petrobrás Graça Foster também é um dos alvos da operação

(Foto: Reuters)

247 - A Polícia Federal está cumprindo mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao banqueiro André Esteves, fundador do banco BTG Pactual, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Os mandados, autorizados pela 13ª Vara Federal de Curitiba, estão sendo cumpridos no âmbito da 64ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta sexta-feira (23). A residência da ex-presidente da Petrobrás Graça Foster também é um dos alvos da operação. 

De acordo com a PF, as investigações visam apurar suspeitas da prática dos crimes de corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro e estão baseadas na delação premiada do ex-ministro Antônio Palocci. 

Nesta quarta-feira, a PF já havia deflagrado uma outra fase da Lava Jato que resultou nas prisões do ex-executivo da Odebrecht Mauricio Ferro e do advogado Nilton Serson (leia no Brasil 247).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247