“O estrago deles em dois meses faz a gente temer”

A presidente Dilma recebeu nesta terça um grupo de juristas contra o impeachment no Palácio da Alvorada, onde discursou duro contra as medidas econômicas do "governo interino provisório e usurpador" de Michel Temer; "O estrago deles em dois meses faz a gente temer por um tempo maior. Faz a gente ter um medo imenso. Porque você destrói as políticas", disse Dilma; segundo ela, a política "da austeridade pela austeridade", aplicada por Temer, vem dando errado; "Estão gastando no curto prazo para quem mais ganha no governo brasileiro", criticou; "Eles pensam muito mais em se manter para executar o que querem. Daí porque a questão jurídica é muito importante. Porque para fazer isso, eles não têm o menor pudor", acrescentou a presidente, que agradeceu o apoio dos juristas nesse momento político

A presidente Dilma recebeu nesta terça um grupo de juristas contra o impeachment no Palácio da Alvorada, onde discursou duro contra as medidas econômicas do "governo interino provisório e usurpador" de Michel Temer; "O estrago deles em dois meses faz a gente temer por um tempo maior. Faz a gente ter um medo imenso. Porque você destrói as políticas", disse Dilma; segundo ela, a política "da austeridade pela austeridade", aplicada por Temer, vem dando errado; "Estão gastando no curto prazo para quem mais ganha no governo brasileiro", criticou; "Eles pensam muito mais em se manter para executar o que querem. Daí porque a questão jurídica é muito importante. Porque para fazer isso, eles não têm o menor pudor", acrescentou a presidente, que agradeceu o apoio dos juristas nesse momento político
A presidente Dilma recebeu nesta terça um grupo de juristas contra o impeachment no Palácio da Alvorada, onde discursou duro contra as medidas econômicas do "governo interino provisório e usurpador" de Michel Temer; "O estrago deles em dois meses faz a gente temer por um tempo maior. Faz a gente ter um medo imenso. Porque você destrói as políticas", disse Dilma; segundo ela, a política "da austeridade pela austeridade", aplicada por Temer, vem dando errado; "Estão gastando no curto prazo para quem mais ganha no governo brasileiro", criticou; "Eles pensam muito mais em se manter para executar o que querem. Daí porque a questão jurídica é muito importante. Porque para fazer isso, eles não têm o menor pudor", acrescentou a presidente, que agradeceu o apoio dos juristas nesse momento político (Foto: Gisele Federicce)

247 - A presidente Dilma Rousseff recebeu nesta terça-feira 5 a Frente Brasil de Juristas pela Democracia no Palácio da Alvorda, onde discursou duro contra as medidas econômicas do "governo interino provisório e usurpador" de Michel Temer.

"O estrago deles em dois meses faz a gente temer por um tempo maior. Faz a gente ter um medo imenso. Porque você destrói as políticas", alertou Dilma Rousseff.

Segundo ela, a política econômica de Temer não vem dando certo porque é uma política "da austeridade pela austeridade". "Estão gastando no curto prazo para quem mais ganha no governo brasileiro. Não tenho nada contra o povo ganhar mais, mas numa condição de crise, você não pode favorecer aqueles que mais têm. É uma coisa óbvia", ressaltou.

De acordo com a presidente, "eles pensam muito mais em se manter para executar o que querem. Daí porque a questão jurídica é muito importante. Porque para fazer isso, eles não têm o menor pudor".

Dilma falou ainda sobre a união da esquerda contra o golpe. "Eu sempre digo que a gente não precisa entrar na cadeia para aprender uma porção de coisa, nem ter um golpe para aprender uma porção de coisa. Mas já que tem, já que deram, eu acho que a gente precisa ser capaz de construir essa frente, de usá-la como um grande instrumento de luta para poder criar a unidade entre nós".

Assista abaixo aos vídeos com a fala de Dilma:









Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247