'O sr. disse que não reconhece as mensagens, então por que pediu desculpas ao MBL?', indagou Hélder Salomão

Em audiência na Câmara dos Deputados, o parlamentar Hélder Salomão indagou o ministro da Justiça, Sergio Moro, ex-juiz, para esclarecer o fato de não reconhecer as mensagens, mas ao mesmo tempo pedir desculpas por ter chamado integrantes no MBL de "tontos"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Durante audiência na Câmara dos Deputado, o ex-juiz Sergio Moro, atual ministro da Justiça, foi questionado pelo deputado Hélder Salomão (PT-ES) sobre o áudio que ele enviou a integrantes do MBL (Movimento Brasil Livre). 

"O sr. disse que não reconhece a autenticidade das mensagens. Então por que pediu desculpas ao MBL?", indagou o parlamentar. 

Em um dos diálogos divulgados pelo Intercept, Moro chamava os membros do movimento de "tontos". Apesar de dizer que não reconhece o conteúdo das conversas vazadas, Moro disse em mensagem: “Se de fato usei o termo, peço escusas, mas saibam que têm todo o meu respeito e sempre terão”.


O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247