OAB pedirá que STF limite poder de promotores contra prefeitos

Chefes de Executivos acusam promotores de paralisarem as administrações com ações que suspendem obras e a execução do orçamento

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) deve entrar nesta quarta-feira (9) no Supremo Tribunal Federal (STF) com uma ação direta de inconstitucionalidade para limitar o poder de promotores de moverem ação de improbidade administrativa contra governadores e principalmente contra prefeitos. A informação é da coluna de Mônica Bergamo. 

Chefes de Executivos acusam promotores de paralisarem as administrações com ações que suspendem obras e a execução do orçamento.

A OAB defenderá que “a ideia de improbidade não se coaduna com o simples equívoco”. Seria necessário que se configure culpa grave, ou dolo, para que o administrador seja processado.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247