Observatório do Clima lamenta decisão do Brasil de retirar candidatura para sediar COP 25

O Observatório do Clima (OC) divulgou nota descrevendo como lamentável a decisão do governo brasileiro de retirar a candidatura do país para sediar a COP 25, conferência da ONU destinada a negociar a implementação do Acordo de Paris, que ocorrerá entre os dias 11 e 22 de novembro do próximo ano

Observatório do Clima lamenta decisão do Brasil de retirar candidatura para sediar COP 25
Observatório do Clima lamenta decisão do Brasil de retirar candidatura para sediar COP 25 (Foto: Beto Barata/PR)

Sputnik Brasil - O Observatório do Clima (OC) divulgou uma nota descrevendo como lamentável a decisão do governo brasileiro de retirar a candidatura do país para sediar a COP 25, conferência da ONU destinada a negociar a implementação do Acordo de Paris, que ocorrerá entre os dias 11 e 22 de novembro do próximo ano.

De acordo com a organização, formada por 37 entidades da sociedade civil brasileira que discutem as mudanças climáticas, o anúncio, formalizado em carta enviada ontem pelo Itamaraty ao Secretariado da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, não surpreende, mas representa para o Brasil a abdicação de um "papel no mundo numa das poucas áreas onde, mais do que relevante, o país é necessário".

Para o OC, a mudança repentina não estaria ligada às restrições fiscais e orçamentárias mencionadas pelo Ministério das Relações Exteriores, mas, sim, a um possível desejo da próxima administração federal.

"Visto que há algumas semanas a administração Temer comemorava a confirmação da candidatura do Brasil como sinal do 'papel de liderança mundial do país em temas de desenvolvimento sustentável', a reviravolta provavelmente se deve à oposição do governo eleito, que já declarou guerra ao desenvolvimento sustentável em mais de uma ocasião. Não é a primeira e certamente não será a última notícia ruim de Jair Bolsonaro para essa área", disse o Observatório do Clima.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247