Odebrecht mantinha sistema de propina em servidor na Suíça

Administrador do sistema, Camilo Gornati disse ao juiz Sérgio Moro que cada usuário do chamado Drousys tinha acesso a uma conta de e-mail interno para trocar informações sobre os repasses de propinas; a Odebrecht teria escolhido a Suíça para manter seus servidores por "questão de segurança", segundo Gornati; "Seria um dos melhores datacenters do mundo", afirmou

Administrador do sistema, Camilo Gornati disse ao juiz Sérgio Moro que cada usuário do chamado Drousys tinha acesso a uma conta de e-mail interno para trocar informações sobre os repasses de propinas; a Odebrecht teria escolhido a Suíça para manter seus servidores por "questão de segurança", segundo Gornati; "Seria um dos melhores datacenters do mundo", afirmou
Administrador do sistema, Camilo Gornati disse ao juiz Sérgio Moro que cada usuário do chamado Drousys tinha acesso a uma conta de e-mail interno para trocar informações sobre os repasses de propinas; a Odebrecht teria escolhido a Suíça para manter seus servidores por "questão de segurança", segundo Gornati; "Seria um dos melhores datacenters do mundo", afirmou (Foto: Roberta Namour)

247 - Os servidores do sistema para o controle do pagamento de propinas da Odebrecht ficavam hospedados na Suíça e estavam na ativa até o mês passado. As informações são do administrador Camilo Gornati, que deu depoimento nesta quarta-feira (22) ao juiz Sergio Moro, na Lava Jato.

Segundo ele, cada usuário do sistema, chamado de Drousys, tinha acesso a uma conta de e-mail interno para trocar informações sobre os repasses de propinas.

A Odebrecht teria escolhido a Suíça para manter seus servidores por "questão de segurança", segundo Gornati. "Seria um dos melhores datacenters do mundo", afirmou.

O Drousys operou até meados de 2014. Os dados formam passados então a um outro servidor também sediado na Suíça, que só foi desativado "mês passado ou retrasado", também a pedido do MP da Suíça. "Estava funcionando até então, mas com pouquíssima utilização, até onde eu sei", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247