Onda conservadora tenta bloquear palestra de Drauzio Varella em escola

A onda conservadora que assola o país agora tenta cancelar uma palestra sobre gênero e sexualidade oferecida aos pais de alunos do Colégio São Luís, em São Paulo, pelo médico Drauzio Varella; movimentos conservadores se manifestaram nas redes sociais e fizeram a instituição de 150 anos ser alvo de críticas de internautas, que chegaram a organizar um abaixo-assinado online contra o evento; a repercussão levou o reitor do colégio, padre Carlos Alberto Contieri, a enviar uma carta aos pais, prestando esclarecimentos, mas ressaltando que a atividade seria mantida

Drauzio Varella
Drauzio Varella (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Uma palestra sobre gênero e sexualidade oferecida aos pais de alunos do Colégio São Luís, tradicional escola católica da capital, provocou polêmica nas redes sociais e fez a instituição de 150 anos ser alvo de críticas de internautas, que chegaram a organizar um abaixo-assinado online contra o evento. A repercussão levou o reitor do colégio, padre Carlos Alberto Contieri, a enviar uma carta aos pais, prestando esclarecimentos, mas ressaltando que a atividade seria mantida.

O convite para a palestra, ministrada pelo médico Drauzio Varella, foi publicado na página do colégio no Facebook na segunda-feira. O evento faz parte de uma série de conferências voltadas para pais de estudantes do 6.º ano do ensino fundamental ao 3.º ano do ensino médio sobre temas diversos, como bullying, drogas e internet. O colégio tem mais de 2,5 mil estudantes.

Após a postagem do evento, alguns internautas começaram a acusar o colégio de promover a chamada ideologia de gênero. As críticas, no entanto, eram minoria. A maioria dos mais de 2 mil comentários era de pais de alunos parabenizando o colégio pela iniciativa e reprovando o posicionamento dos que discordavam do evento.

As críticas, porém, não ficaram restritas às redes sociais. No site O Fiel Católico, ligado à Fraternidade Laical São Próspero, um texto fazia a mesma acusação ao colégio e criticava Varella. Pedia que os católicos incomodados enviassem e-mail para a Arquidiocese de São Paulo, solicitando que o evento fosse cancelado.

As informações são de reportagem de Fabiana Cambricoli no Estado de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247