ONU avaliará caso de Lula contra Moro no 2º semestre

ONU deve avaliar o caso apresentado ao Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato em primeira instância e que condenou Lula a 9,6 anos de prisão no caso do tríplex do Guarujá, somente no segundo semestre deste ano; sentença foi confirmada pelo TRF-4 que elevou a pena para 12,1 anos de reclusão; caso foi apresentado à ONU em outubro do ano passado

moro lula
moro lula (Foto: Paulo Emílio)

247 - A ONU deve avaliar o caso apresentado ao Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato em primeira instância e que condenou Lula a 9,6 anos de prisão no caso do tríplex do Guarujá, somente no segundo semestre deste ano. A sentença foi confirmada no último dia 24 pelo TRF-4, que elevou a pena para 12,1 anos de reclusão. O caso foi apresentado à ONU em outubro do ano passado.

Segundo o Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos, o caso de Lula não está previsto na pauta da reunião do Comitê das Nações Unidas que acontecerá em março. Ainda segundo o órgão, a probabilidade é que, em função dos casos pendentes, o processo referente ao ex-presidente seja apreciado em julho ou outubro – quando acontecem as próximas reunião do comitê -, às vésperas das eleições presidenciais.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247