Onyx reconhece que futuro governo não tem confiança externa

Onyx Lorenzoni, futuro ministro da Casa Civil do governo de Jair Bolsonaro (PSL), reconheceu que atualmente o Brasil é visto com desconfiança por governos estrangeiros e que é preciso recuperar a confiança internacionall; "Os governos estrangeiros nos olham sob o manto da desconfiança. Precisamos recuperar a confiança, não apenas interna, mas também externa. Não podemos falhar, temos que acertar", afirmou

Onyx reconhece que futuro governo não tem confiança externa
Onyx reconhece que futuro governo não tem confiança externa (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - Onyx Lorenzoni, futuro ministro da Casa Civil do governo de Jair Bolsonaro (PSL), reconheceu que atualmente o Brasil é visto com desconfiança por governos estrangeiros e que uma das prioridades da futura gestão será recuperar a confiança internacional. "Os governos estrangeiros nos olham sob o manto da desconfiança. Precisamos recuperar a confiança, não apenas interna, mas também externa. Não podemos falhar, temos que acertar", afirmou.

A apreensão internacional vem crescendo em meio às sinalizações acerca da política externa brasileira. Além do alinhamento automático aos Estados Unidos defendido pelo futuro governo, o anúncio da mudança da Embaixada do Brasil em Israel, de Tel Aviv para Jerusalém, causou apreensão e tensão junto aos países árabes, o que pode levar a retaliações comerciais.

A indicação do diplomata Ernesto Araújo para o Ministério das Relações Exteriores também causou apreensão. Araújo já afirmou que a Europa é um espaço "culturalmente vazio" e negou que haja uma associação entre a emissão de gases do efeito estufa e o aquecimento global.

Apesar disso, Lorenzoni disse que o futuro governo estará aberto ao diálogo e que irá servir aos interesses da sociedade. "O presidente eleito diz ter a clareza de que fomos eleitos para servir a sociedade. Todos aqueles que não compreenderem isso, não estarão ao nosso lado", afirmou.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247