Operação da Polícia Civil prende nove suspeitos de piratear cursos preparatórios para concursos públicos

Quadrilha atuava invadindo sistemas oficiais para roubar conteúdo em vídeo-aulas, apostilas e simulados. O grupo obteve um lucro estimado em R$ 15 milhões

A Policia Civil realizou uma megaoperação para cumprir 36 mandados de prisão e quatro de busca e apreensão; os mandados envolvem pessoas acusadas de participação em uma quadrilha especializada no golpe do falso sequestro - extorsão praticada a partir de telefonemas simulando sequestro; até o fim da manhã, 29 pessoas tinham sido presas
A Policia Civil realizou uma megaoperação para cumprir 36 mandados de prisão e quatro de busca e apreensão; os mandados envolvem pessoas acusadas de participação em uma quadrilha especializada no golpe do falso sequestro - extorsão praticada a partir de telefonemas simulando sequestro; até o fim da manhã, 29 pessoas tinham sido presas (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Uma operação da Polícia Civil do Rio, deflagrada na manhã desta terça-feira (21), prendeu nove pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha que pirateava material de cursos preparatório para concursos públicos, numa ação batizada de Black Hawk. A informação é do jornal O Globo. 

A quadrilha atuava invadindo sistemas dos cursos preparatórios oficiais para roubar conteúdo em vídeo-aulas, apostilas e simulados. O material pirateado era revendido por 10% do preço do original, que varia entre R$ 500,00 e R$ 10 mil. O grupo praticou o crime por pelo menos 20 anos, aferindo um lucro estimado em R$ 15 milhões.

Os proprietários dos cursos que tiveram conteúdos hackeados acumularam um prejuízo de cerca de R$ 65 milhões. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247